Obs*

Não pense que escrevo aqui o meu mais íntimo segredo, pois há segredos que eu não conto nem a mim mesma ~Escrevo coisas que sinto.. coisas que tenho .. Misturando tudo com um pouco de imaginação, fantasia, realidade e criatividade... Por Favor ao divulgar textos de minha autoria .. Colocar os Créditos Devido. - As mensagens, texto, frases e imagens.. Contidas nesse Blog algumas são de minha autoria.. Outras são coisas que li que vi e gostei e é claro Copiei .. Dando a elas o devido mérito ... Bom assim que seguir o meu blog deixar um Comentário .. Thank you! .. Bem vidas também são as Críticas e Elogios.. O mais Importante é a sua Opinião ... Contato: katty.greff@hotmail.com ... Qualquer erro é mera distração ... Obrigada e volte Sempre!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Aprendi e decidi


E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde.
Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passados e passei a ser uma tênue luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar...
Simplesmente durmo para sonhar. 

Nenhum comentário: